• Admin

"Siga o Rapaz do Tambor" reuniu todo o CMAD num mega espetáculo


O CMAD-Conservatório de Música e Artes do Dão realizou no dia 22 de dezembro mais um grande espetáculo de natal com um conceito inédito, uma espécie de museu vivo e interativo, onde o público foi convidado a realizar um trajeto por todo o edifício da Casa da Cultura de Santa Comba Dão descobrindo sonoridades e ambientes singulares, transformando-se numa experiência sensorial extraordinária e muito especial para todos aqueles que tiveram o privilégio de assistir.

Este baseou-se no Livro/Cd de Natal "Natalmente", editado pelas ECM-EdiçõesConvite à Música, da autoria de Fernando Paulo Gomes e Luis Matos e arranjos de Artur Guimarães. O mesmo foi gravado entre janeiro e junho de 2019 e contou com a participação de alunos do Cmad assim como ex-alunos, tanto na gravação instrumental como das vozes e que se encontra à venda desde o passado mês de outubro nas grandes superfícies comerciais.

A "viagem" teve o seu início no corredor de acesso à cave da Casa da Cultura, cabendo à orquestra de sopros do CMAD dar as boas-vindas ao público, encaminhado-o depois para o interior, onde já se encontrava o coro do 5º e 6º anos e a classe de percussão.

Neste primeiro espaço os hospedeiros organizavam os diversos grupos para preparar a visita aos restantes locais. Todos eram convidados a deixar mensagens que eram penduradas na árvore de natal, a escrever cartas ao Pai Natal e junto à biblioteca do Pai Natal tiravam-se fotografias instantâneas, em simultâneo, o coro composto por mais de 80 crianças cantava "Tocam os Sinos".

No espaço seguinte, com o tema "O menino está dormindo", um grupo de crianças cantavam acompanhadas por alunos da classe de piano e o ensemble de flautas, num ambiente muito intimista e bastante acolhedor com todos os protagonistas em pijama.

Já no interior do palco estava a Aldeia Natal com uma orquestra, os seus aldeões e alguns vendedores ambulantes que convidavam os presentes a juntarem-se à festa e a cantarem o "Glória”.

No andar superior, a Orquestra de Cordas juntamente com Artur Guimarães ao piano, três solistas e um ator, apresentavam "Os reis do Oriente" num ambiente particularmente intenso e mágico.

Estes eram os quatro espaços principais que todos obrigatoriamente visitavam, mas havia outras surpresas escondidas. Alguns jovens atores vagueavam pelos corredores interagindo com os diversos grupos que iam passando. Salas mais pequenas apresentavam diferentes perspectivas e, através de pequenos "diabretes", que "raptavam" algumas pessoas para estas salas, podia-se descobrir a "sala do medo" onde dois atores cantavam “Entrai Pastores”. Na sala "rock" um quarteto de alunos (guitarra elétrica, baixo, bateria e voz) tocavam energicamente o tema “Rocking around the Christmas tree” recriando o natal dos anos cinquenta. No espaço "Memórias de Natal" um pequeno filme mostrava fotografias de natal deixadas por alunos, dos bons momentos passados com a famí­lia e amigos apelando à reflexão e às recordações de cada um. A sala "Estúdio de gravação” oferecia uma experiência de cantar e gravar em estúdio, mas esta incluía uma pequena partida, pois sem se aperceberem, os convidados para além da gravação áudio, estavam a ser gravados por uma pequena câmara que transmitia em video e em direto para o auditório tudo o que lá se passava e onde já se encontravam alguns grupos que entretanto tinham terminado o seu percurso. Já com o auditório repleto, começava então o mini-concerto com dança, teatro e música envolvendo os alunos do teatro musical, a orquestra, o ensemble de metais, ensemble de guitarras e que culminou com o tema "O rapaz do tambor", com todos os alunos do Cmad em palco.

No final Rafael Barreto, encenador do espetáculo, fez os habituais agradecimentos e num discurso emocionado falou sobre o poder da música e dos sonhos, deixando toda a plateia emocionada, com uma referência especial ao nosso querido Prof. Paulo Gomes.

Mas ainda estava reservada mais uma surpresa, à saída, mais propriamente no hall de entrada, o público era surpreendido com o verdadeiro final, protagonizado pelo Coro Cmad, acompanhado por um trio e solista com o tema "happy Day" que contagiou todos os presentes num ambiente descontraído e muito efusivo.

Pela primeira vez na história desta escola reuniram-se praticamente todos os alunos num único espetáculo, totalizando mais de 300 alunos, que integravam as diversas classes de conjunto, alunos do Curso de Teatro Musical e ex-alunos que participaram nas gravação do CD "Natalmente".

A dimensão e a complexidade deste evento exigiu um planeamento exaustivo e o seu sucesso deveu-se ao forte empenho de todos, alunos, direção, professores, funcionários e à disponibilidade e apoio dos Pais e Encarregados de Educação. Um agradecimento à Câmara Municipal de Santa Comba Dão pelo apoio logí­stico e aos B.V. de Santa Comba Dão que cederam as instalações para o jantar dos alunos.

Boas festas e feliz 2020!

#2019 #Concertos #musical #news

43 visualizações
CMAD - Conservatório de Música e Artes do Dão 
Escola de Ensino Artístico Especializado da Música com financiamento do Ministério da Educação para leccionar Cursos Oficiais de Música (Básico e Secundário através de Contrato Patrocínio.    ||   Autorização de Funcionamento Nº 72/ DREC de 2012.
Casa da Cultura - Av. General Humberto Delgado N.º 5-A  . 3440-325 Santa Comba Dão - Portugal  ||  geral@cmadd.com  .  Tel: 232 882 187 | Telm: 910 311 462
HORÁRIO: Temporário - Segunda a sexta entre as 09:00 e as 19:00  via telefone ou e-mail    .  Segunda: 12:00 - 20:00  | Terça | Quarta| Quinta: 9:00 - 20:00 | Sexta: 11:00 - 20:00 | Sábado: 9:00 - 14:00

© 2020 Conservatório de Música e Artes do Dão